terça-feira, 9 de janeiro de 2018

“Profissões e profissões”




Quando se vai construir um prédio, uma casa, uma ponte, o engenheiro civil é obrigatoriamente chamado para que haja um trabalho seguro, para que ninguém se machuque. O mesmo acontece com um médico, um psicólogo, um arquiteto, um advogado, são profissionais que precisam ser formados para executarem suas funções.

Quando pensamos em um professor sabemos que por lei, ele também precisa ter sua formação em um curso de Licenciatura que vai prepara-lo para formar justamente os engenheiros, médicos e advogados do futuro.

Contudo, parece que essa profissão é cada vez mais menosprezada pela própria sociedade que aceita profissionais não formados e que muitas vezes acha que pode se ensinar em casa, o chamado homescholing.

Se pensarmos o mesmo para todas as profissões acima citadas, não precisaríamos de médicos já que muitas vezes o conhecimentos populares de plantas e ervas já bastaria, de engenheiros já que um matemático pode fazer determinados cálculos.


Enfim, para que a educação no Brasil realmente chegue onde deve chegar é preciso que se dê valor e  importância a formação do professor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário