sexta-feira, 27 de maio de 2016

O verdadeiro fim da indisciplina





A indisciplina é muito mais que uma falta de pulso firme do professor, ou de um contrato pedagógico, uma discussão de regras. A família está primeiramente envolvida nesse processo, pois, ela é o principal espelho de crianças e adolescentes, é dela que vem o principal exemplo. Se um aluno fala palavrão na escola, é repreendido, os pais são chamados e chegam na escola falando palavrão, de nada vai adiantar repreender esse aluno na escola se os pais em casa falam palavrão. O mesmo se, por exemplo, um aluno é chamado por ter batido em outro e os pais, diante da professora falam pra ele que se ele apanhou tem de bater também. Ou pior, há pais que ainda ficam contra a escola e protegem seus filhos parecendo não enxergar os erros dos filhos.

Assim, fica complicado combater a indisciplina, os valores de escola e família tem de ser os mesmo, a escola é a transmissora de conhecimento que complementa a socialização das crianças e adolescentes para que saibam conviver mais tarde em uma faculdade e no mercado de trabalho. Mas, a moral quem ensina é a família.

Enquanto não houver famílias realmente responsáveis pela educação de seus filhos não haverá o fim da indisciplina e da violência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário