terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Abraçar o mundo

Não adianta querer "abraçar o mundo", querer que em grupos sociais menos abastados todos aprendam e tenham interesse em estudar se não foi esse o exemplo dado para eles em casa.
Pode-se trabalhar diferenciadamente com interesses desses grupos, ou pelo menos, dar atenção àqueles que estão ali para alguma coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário