quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Fim...

Fim de ano, confraternização na escola, café-da-manhã delicioso, abraços, fotos...Agora é descanso e o ano que vem estaremos juntos novamente na luta, no trabalho, fazendo nossa parte para melhor um pouquinho desse mundo.

Boas festas! :-)

domingo, 18 de dezembro de 2011

É tão bom ser professor porque...

Neste final de ano percebi o quanto vale a pena nos dedicarmos a essa causa tão desvalorizada que é a educação em nosso país. Temos uma lei a LDB (9394/96) que garante que todos os professores devem ter uma Licenciatura Plena para lecionaram Português, Matemática, Inglês, etc ou Pedagogia para trabalharam com a Educação Infantil, com o Ciclo I do Fundamental e para gerirem uma escola (coordenação, vice-direção, orientação e direção), além de supervisionarem tudo isso trabalhando em uma Diretoria de Ensino. Isso infelizmente não acontece, temos muitos professores leigos (não formados - também chamados de instrutores) pelo Brasil a fora. É uma pena.
Mas, por outro lado, vi que valeu fazer quatro anos de uma Licenciatura em Letras, de ter feito Psicopedagogia e o Mestrado em Letras voltado para a educação. Tudo isso me deu teoria e experiência prática e hoje colho resultados.
De algumas semanas para cá muita coisa gostosa tem acontecido: primeiro foi o elogio que recebi de uma mãe na escola onde sou concursada (efetiva) por eu ter ajudado seu filho a melhorar não só em Língua Portuguesa (disciplina que leciono), mas também no geral. Sou representante dessa sala (do garoto) e mudei muitas vezes o mapa de sala até que não só este aluno, mas outros conseguissem se concentrar mais.
No dia seguinte, recebi de uma aluna particular (e da mãe dela) uma panetone e uma contribuição financeira a mais pelo meu trabalho. No mesmo dia ganhei muitos chocolates e tirei muitas fotos com uma sétima série que acompanho desde a quinta e nesse dia eles fizeram amigo chocolate.
No outro dia, como quase não tinha aluno brinquei com jogos pedagógicos com uma quinta e uma sétima e nos divertimos muito.
Uma semana depois, houve uma festinha de encerramento na escola e revelamos o amigo secreto de uma quinta série, brincadeira que eu tinha organizado e também participava. Foi muito gostoso.
No dia seguinte a isso, fui à formatura de terceiro ano de Ensino Médio de alunos que tinham sido meus na sétima e na oitava séries. Foi gratificante encontrá-los crescidos e saindo da escola.E de uma aluna que eu não lembrava, mas que se lembrava de mim e de quando lecionei para a sala dela, me deu uma rosa.
Enfim, muita gente hoje nem pensa em fazer uma Licenciatura ou uma faculdade de Pedagogia porque não tem a mínima intenção de ser professor. Mas eu me orgulho de ser Licenciada em Letras, de ser concursada em uma escola estadual e poder cumprir com o que jurei no dia de minha formatura há doze anos atrás.